GratuitosWattpad

Conheça: O Cheiro da Rua no Wattpad

O Cheiro da Rua é uma história ainda em andamento, disponível gratuitamente no Wattpad com mais de 10 capítulos postados, 4 mil visualizações e 3 prêmios. A história é atualizada toda quinta-feira, precisamente as 00:00 no horário da Amazônia, como o autor faz questão de ressaltar.

Sinopse:É fácil confundir aquela silhueta com a de outros animais que dividem a cidade conosco. Cavalos nas beiras de estrada, pombas sobre os telhados, cães e gatos velando as feiras, Odília nas calçadas. Seus problemas com o álcool e com as drogas a transformaram em uma bomba-relógio. Sem passado e sem família, nem mesmo o nome que a velha usa é legítimo.

É fácil confundir o rosto de Edmundo com o de qualquer outro menino da sua idade. Ele é um garoto apático em relação à vida, um pré-adolescente vazio. Reprimido pela mãe e negligenciado pelo pai, ele sabe que está sozinho na tarefa de gerenciar suas crises pessoais e familiares.

Quando os caminhos destas duas figuras banais se encontrarem, as certezas mudarão de lugar. Juntos – e quase sem querer – os dois vivenciarão uma amizade intensa, destas que só é possível acontecer na rua, quando se bota o segundo pé para fora de casa.”

Fonte: O Cheiro da Rua (no Facebook)

A história se passa em Belém do Pará na década de 90 e traz muito bem o clima da época, a vida e as dificuldades de uma moradora de rua, assim como a vida comum do garoto Ed. Cada capítulo tem um tamanho médio, com um conflito próprio, um início, um meio e um fim. O autor não costuma deixar aquela expectativa para o capítulo seguinte, o que é abordado nele é solucionado nele também.

Os primeiros parágrafos de cada capítulo possuem uma reflexão, e uma escrita poética que segue de maneira mais amena pelo restante da história e é retomada no final. O José Artur nos faz refletir sobre as banalidades do dia a dia, filosofa sobre o cotidiano e nos possibilita – com uma enorme habilidade nas palavras – ver o mundo com novos olhos e dar um novo sentido as coisas simples da vida.

“Mas o que é um nome, afinal, se não uma vida inteira? ‘Odília de Bastos Silva’ se não era uma vida inteira, era ao menos um pedaço. Para a mulher sob a concha, isso bastava”. (O Cheiro da Rua, José Artur Castilhos)

Alguns trechos da história chegam a ser tão tocantes e tão reais que dá quase para sentir o próprio sofrimento do autor em escrever aquilo. Artur aborda muito bem o interior de cada personagem, seus conflitos, seus medos. E não faz isso apenas nos protagonistas. Dulce (a mãe de Edmundo) também tem suas próprias lutas, e são através delas que descobrimos o porquê dela ser uma pessoa tão dura.

Fonte: O Cheiro da Rua (no Facebook)

Os personagens são reais. São humanos. E a escrita é tão poética e as alusões e comparação são tão primorosas que não há nem como explicar.

É preciso ler para entender toda a intensidade que essa história tem. Uma história real, triste, verdadeira e que pode estar acontecendo com alguém abaixo de nossos olhos, sem que nem percebamos.

LINKS

Leia O Cheiro da Rua no Wattpad

Siga José Artur Castilhos no Wattpad

Curta O Cheiro da Rua no Facebook

E curta também A Hyposa no Facebook

Postagem Anterior

Resenha - No domínio do mal (L.Matheus)

Post Seguinte

Resenha: Ashanti - Bárbara Gregório

O Autor

Stefani P. Paludo

Stefani P. Paludo

Stéfani é uma jovem escritora gaúcha que além de tudo é leitora, estudante de arquitetura e apaixonada por todas as artes em geral. Descobriu desde pequena o amor pelos livros e desde o início da adolescência o amor pela escrita. Possui algumas histórias postadas em plataformas onlines como Wattpad, e pretende prosseguir escrevendo sempre mais, não só como um hobby, mas como uma maneira de aliviar-se, descarregando pensamentos e reinventando a realidade.

3 Comentários

  1. José Artur Castilho
    julho 15, 2017, 11:33 pm — Responder

    Sem palavras! A Ste é uma leitora muito querida e essa indicação foi uma gratíssima surpresa! Obrigado!

    • julho 17, 2017, 7:58 pm — Responder

      De nada, Artur! Sua história e sua escrita são ótimas e precisamos divulgar isso pro mundo! hahahah

  2. Karol paz
    julho 15, 2017, 11:42 pm — Responder

    Posso dizer que sou uma amiga bastante próxima do Artur e isso muitas vezes não quer dizer nada! Pois, muitas vezes me pego pensando: ‘de onde o artur tira essas coisas?’ Mal conheço a primeira de suas infinitas camadas. ……
    Estou muito feliz em poder ler esse livro, pois ele me possibilita vislumbrar uma ou duas camadas a mais……
    A sua escrita é única e surpreendente, cada sentimento é milésimamente explorado. Amo, amo, amo!

Deixe sua pergunta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *