FísicosWattpad

Resenha em primeira mão: Para onde vão os Suicidas?

Em primeira mão: Para onde vão suicidas? Chega à Hyposa!

Como no seu primeiro livro, Palavras de rua, o autor Felipe Saraiça aborda temas tabus, levando reflexão aos leitores.

Vamos a sinopse:

Era dezembro quando Angelina nasceu. Uma noite gélida, de ventos fortes e relâmpagos que iluminavam todo o quarto do hospital. Quase que em silêncio, ela foi retirada do ventre de sua mãe que, também em silêncio, não mais respirava. A enfermeira, tão jovem e sonhadora, não sabia como lidar com vida e morte lado a lado. Seu pai, de modo mecânico e robótico, a balançava, não conseguindo contemplá-la. Seus olhos não mudaram de direção nem mesmo quando a menina iniciou seu pranto. Lá fora, a chuva caía forte, embaçando os vidros das janelas, e pintando todo o céu de cinza. Ele não chorava, apenas embalava lentamente sua filha, num ritmo quase que fúnebre, enquanto perguntava a si mesmo se seria egoísmo preferir que a criança tivesse perdido a vida e não sua noiva.

Tenho que admitir que gosto mais da carta ao leitor que da própria sinopse. Para mim, ela passa melhor a mensagem do livro e por isso também vou coloca-la aqui :

“Caro leitor,

Se, ao pegar esse livro, imaginou que a morte seria protagonista, sinto em lhe dizer, mas está enganado. Porém, não se desanime. Nessas páginas existem seres mais cruéis que a tão famosa ceifadora de vidas: os seres humanos.
Aqui será mostrado com clareza o lado sombrio e perturbador que todos carregamos, mas negamos tê-lo. Por isso, não se assuste se, por algum motivo, encontrar-se nas atitudes de algum personagem, pois não se trata de uma mera coincidência. ”

 

Para Onde vão os suicidas conta a jornada de Angelina, que após uma uma tentativa de suicídio, se vê presa em uma aposta entre duas deusas,  a Morte e a Ixtab.

O que mais gosto do livro são as personagens. Todas  são cativantes. Tanto as principais quanto as coadjuvantes, que você encontra ao decorrer da obra. Em especial, a irônica e reflexiva Dona Morte.

A leitura é leve e fluída, os capítulos são na maioria pequenos, e entre prosa e poesia, o autor leva reflexões como a vida, morte, cotidiano, dor e temas que mostram, não somente onde vão, mas também onde estão os suicidas.

 

 

Onde encontrar a Obra:

 

Editora Pendragon

Degustação : Wattpad

Postagem Anterior

Conheça: Tente Outra Vez no Wattpad

Post Seguinte

Conheça: Invisível no Wattpad

O Autor

Mariana Meira

Mariana Meira

Carioca, 23 anos, estudou História na Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Amante de artes, história e literatura.

Sem Comentários

Deixe sua pergunta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *